Renata Batata

Moda, customização, beleza e bem-estar

Peças em Tricô – Gola e Miniponcho 25/09/2008

Acabei mais dois projetinhos de tricô para usar já!

 

 

Este não é bem tricô, mas é muito interessante. Pode ser usado também como idéia pra fazer uma super gola. Usei o fio Rusticolor da Aslan, que é macio e tem um caimento perfeito. A receita está aqui.

 

 

 

Esse miniponcho ficou mais bonito do que eu imaginava. Foi feito com a mesma lã da bolsinha verde de tranças, que é a Festa, da Aslan (saiu de linha), mas fica perfeito com qualquer lã que seja um pouco mais grossinha e tenha bom caimento. Já tinha postado a receita aqui no blog faz uns dois meses. Veja aqui no site da Pingouin.

 

Os projetos não param! Estou acabando um coletão preto e uma blusa super diferente com o Pingouin Marte. Quando acabar, posto aqui!

 

Esfriou de novo 16/06/2008

Ai Yazawa - Mangá

É só dar uma esfriadinha que retomamos nossos trabalhos em tricô! Haja tempo para tantos projetos…

Andei comprando umas revistas, daquelas que a gente acha em qualquer banca, da On Line e da Minuano. Confesso que sofri, às vezes, para decifrar os pontos e esquemas de montagem. Cheguei até a ligar para a redação de uma delas, perguntando como era um determinado ponto. No fim, deu tudo certo e a blusa ficou linda… Mas que perrengue!

Numa dessas revistas que comprei, uma receita de poncho diferente, que me agradou. É mais ou menos assim: faça um retângulo de tricô, no ponto que você quiser. O retângulo tem que dar a volta no seu corpo e ficar levemente justo, não a ponto de você não conseguir abrir os braços nem largo a ponto de parecer um poncho peruano. É bonito que fique na altura da sua cintura. Para mim, uns 50 pontos na agulha 6 são suficientes. O trabalho é todo feito pela lateral, então os 50 pontos serão a altura do poncho, certo?

Até aí, tudo bem. Quando finalizar, costure as laterais (o começo e o fim do trabalho) por uns 20 centímetros e faça uma costura também na parte de cima, onde vai passar sua cabeça. Assim, o poncho vira uma blusa de uma manga só! Fica super charmoso, parece um bolerinho. Enfim, uma boa idéia.

Embora trabalhe como tradutora da língua inglesa, ainda estou caminhando no tricô e me perco nas revistas estrangeiras. As revistas japonesas de tricô e crochê são fantásticas, não precisam nem de tradução, pois os esquemas são perfeitos!!! Mas, concordemos que o esquema de crochê é mais fácil de seguir e que o tricô precisa de explicações mais precisas em relação ao número de pontos, diminuições etc, coisas que não constam nem nos esquemas perfeitos dos japoneses.

Aliás, a moda “japa” é legal demais! As meninas da Liberdade parecem saídas de um mangá, com suas roupas coloridas e seu excesso criativo de informação. Só sendo japonezinha e bem mignon para ficar linda. Eu, com meus quase 1,80, cabelos crespos e olhos redondos, JAMAIS poderia ousar. É para ser admirado, apenas, o estilo Harajuku e as Shibuya Girls. 

Enquanto isso, vou me deliciando com os livros de artesanato japoneses de minha mãe, ávida colecionadora. É uma aula!

 

Frio é tempo de tricô! 09/05/2008

Filed under: artesanato,Estilo,moda,tricô — R.T. @ 3:59 pm
Tags: , , , , ,

Continuando as tendências do inciante porém prendada, sugiro três modelos fantásticos de pecinhas para esquentar/enfeitar nos dias frios ou mais ou menos:

 

1. Poncho
Poncho Mantiqueira da Pingoiun

Existem ponchos mais complicados, com franjas e detalhes em crochê etc etc. Mas para quem está começando no tricô, nada melhor do que dois retângulos iguais. Veja só a receita:

Material: Pingouin Marrakesh: 3 nov. rondônia (2076); ag. para tricô Pingouin nº 6 ; ag. para crochê Pingouin nº 4; ag. circular Pingouin nº 5.

Pontos empregados
Ponto tricô: tric. Todas as carr. m. ou t.. Barra 2/2: * 2 m.; 2 t.*; 2 m.. Ponto fantasia: seguir o gráfico. Franja em crochê: seguir o passo a passo.

Amostra
Um quadrado de 10 cm em ponto fantasia nas ag. nº 6 = 15 p. x 21 carr.

Realização
O xale é trabalhado em dois retângulos iguais. Montar 68 p. nas ag. nº 6 e tric. do seguinte modo: 4 p. em p. tricô e 64 p. em p. fantasia seguindo o gráfico. A 65 cm do começo, rem.. Fazer outra parte igual começando pelo ponto fantasia.

Modo de armar
Costurar os retângulos seguindo o esquema de montagem. Fazer a franja em crochê na parte indicada no esquema de montagem. Levantar 72 p. na abertura do xale e tric. em barra 2/2. A 5 cm do começo, rem..

E é só! Que maravilha! Muuuito fácil!

 

2. Cachecol

Cachecol Listrado Pingouin 

Lindo, lindo, lindo o cachecol colorido! E o melhor, dá pra fazer com sobras!! Receita a seguir:

Material: Pingouin Sedificada :1 nov. de cada uma das seguintes cores: pisello (1625); néctar (228); m.bronze (723); cereja (353); nínive (701); ag. para tricô Pingouin nº 6 1⁄2; ag. para crochê Pingouin nº 4.
Pontos empregados: Barra 1/1:* 1 m.; 1 t. *; 1 m..Franja em crochê :seguir o passo a  passo (igual ao de cima). Amostra: Um quadrado de 10 cm em barra 1/1 nas ag. nº 6 1⁄2 = 24 p. x 20 carr.
Realização: Montar 46 p. nas ag. nº 6 1⁄2 e tric. em barra 1/1 na seguinte ordem de cores: * 13 cm pisello, 13 cm néctar, 13 cm m.bronze, 13 cm cereja, 13 cm cru * (2 v.), 13 cm pisello, 13 cm néctar, 13 cm m.bronze, 13 cm cereja. A 182 cmdo começo, rem.. Terminado o cachecol fazer nos dois lados menores a franja em crochê seguindo o passo a passo, usando um fio de cada cor para cada grupo da franja.

 

3. Blusa para fazer charme

Blusa Fiesta - Pingouin

Outra blusa facílima e linda. Faça com um fio brilhante e use com um broche bem bonito à noite. Durante o dia, coloque por cima de uma cacharel justinha, sobre uma calça sequinha, e pronto! Linda em cinco minutos! Receita:

Material: Pingouin Neoné – 12 bolas na cor 702 (ouro); ag. para tricô PINGOUIN nº 4.
Pontos empregados: Barra 1/1 – 1ª carr.: * 1 m., 1 t. *
AMOSTRA: Um quadrado de 10 cm em barra 1/1 = 32 p. x 30 carr.
EXECUÇÃO: Frente e Costas são iguais, começando pela parte inferior. Para a parte da frente, montar 98 p e tric. em barra 1/1. A 25 cm do início, rem. acompanhando o p. Fazer a parte de trás da mesma maneira. Para cada tira da parte superior, montar 98 p. e tric. em barra 1/1. A 120 cm do inicio, rem. acompanhando o p.
MODO DE ARMAR: Fechar os lados da parte inferior. Para formar a Frente, por a tira A sobre a tira B, como mostra o esquema de montagem e prender na beirada da parte inferior da Frente com p. invisíveis. Para formar as Costas, por a tira B sobre a tira A e prender na beirada correspondente da parte inferior.

Fiesta - esquema

Dito isso, vamos ao tricô!! Depois posto algumas fotos das minhas artes por aqui…

 

 
Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 200 outros seguidores