Renata Batata

Moda, customização, beleza e bem-estar

Sobre o Vazio 24/09/2010

Filed under: Arte,beleza,Bem-estar,Reflexão — R.T. @ 8:00 am
Tags: , , , , , ,

 

A Espera – Cícero Dias – 1932 – Acervo do Itaú Cultural

 

 

Às vezes, existe um vazio dentro da gente. Ele pode ser grande, enorme ou apenas um pequeno incômodo. Geralmente, todos nós queremos preencher esse vazio.

Muitos preenchem com roupas, acessórios e coisas que a gente pode colocar sobre o corpo. Essa é uma forma perigosa de preencher o que falta, porque quanto mais você se enche de coisas, mais vazio vai ficar o seu bolso. E o que é pior: vai sempre faltar algo.

Outra forma é tentar saber tudo, ler tudo, assimilar tudo. Ver todos os filmes, ler todos os livros, conhecer todas as pessoas ‘relevantes’. Também é uma busca sem fim. Sempre vai haver algum assunto no qual vamos ser ignorantes ou algum autor de quem nunca ouvimos falar. Entendam bem, não sou contra o conhecimento. Sou contra o esnobismo intelectual que exclui pessoas e faz com que esqueçamos de nós mesmos. Pensar demais pode ser um problema…

Mas, na maioria das vezes, esse vazio que todo mundo tenta preencher loucamente precisa existir. É parte do equilíbrio. Aceitar esse vazio é aceitar a dualidade de todas as coisas; é aceitar o silêncio de não dizer nada; é aceitar a perda quando não se ganha; é aceitar o fim que não queremos.

Aceitar o vazio também é aceitar uma parte de nós que precisa ser e ficar leve, talvez à espera, quando chegar alguma coisa realmente importante. Deixe um espaço vazio na estante, na parede, não ocupe uma cadeira. Faça um exercício de espera, de assentamento, de contemplação.

O vazio pode ocupar um espaço importante na sua vida. E isso não é triste: é deixar aberta uma porta para uma oportunidade que ainda não recebemos.

 

 

Inspiração para aceitar o “acaso” 04/08/2010

Filed under: beleza,poesia,Reflexão — R.T. @ 8:00 am
Tags: , , , ,

 

 

“Cada pessoa que passa em nossa vida, passa sozinha, porque cada pessoa é única e nenhuma substitui a outra.

Cada pessoa que passa em nossa vida, passa sozinha, mas não vai sozinha e nem nos deixará só, porque leva um pouco de nós e deixa um pouco de si.

Há os que levam muito e deixam pouco, há os que levam pouco e deixam muito.

Essa é a mais bela responsabilidade da vida e a prova de que não nos encontramos por acaso.”

 

CHARLES CHAPLIN

 

;)

 

 

Customização Militar 02/08/2010

Lembra quando eu falei da tendência militar? Tá aqui um projetinho bem fácil e bem bonito de fazer:

 

Olha só: pedacinhos de fita costurados ou colados com cola pra tecido (que podem ser passamanarias ou galões metalizados, esse aqui ia ficar bonito, hein?), botõezinhos de metal (de preferência com pezinho) e pronto! Acima foi feito num vestido, mas acredito que vai ficar bem legal numa camiseta. Reparou no detalhe da manga? Um martingale, que serve pra segurar e dar um charminho. Também é muito fácil de fazer: uma tira já costurada, dentro e fora da manga, e depois você prega um botãozinho em cima da costura. Os botões também podem ser substituídos por tachas. Bem bonitinho… Vou fazer uma camiseta assim! ;)

 

 

“The sweetest thing…” 28/07/2010

Filed under: animais,beleza,Bem-estar,Reflexão — R.T. @ 8:00 am
Tags: , , , ,

 

“… that only was a cat”.

 

“A maior doçura do mundo era apenas um gato”. Esse poema reflete muito bem o que eu penso dessas criaturas independentes, inteligentes e, sobretudo, fofas. Gosto muito de cachorros também, mas gatos são especiais por viverem uma vida só deles, uma vida em segredo, que não compartilham conosco. Quem nunca conviveu com um gato talvez não saiba como pode ser especial aquele momento que ele/ela vem te receber quando você chega em casa, quase ‘como um cachorro’. Aquele ronronar aconchegante quando ele/ela se enrola quentinho no seu colo. A lição de tolerância e liberdade que o gato dá quando sinaliza que quer ficar sozinho, sem toques nem carinhos. Ter gatos é aprender a conviver e eles ensinam até mesmo a suportar o inesperado que vem de qualquer relacionamento. A surpresa de todo dia. O surpreendente de qualquer ser vivo, seja ele humano ou felino.

Então, por favor, tire 5 minutinhos do seu dia e conheça Maru, Pancake e Cooper, algumas das criaturas mais encantadoras desse mundo. E pode ter certeza: cada gato é um ser único, dotado de personalidade, desejos, rotinas e ‘manias’. Eles são lindos, mas o gato que mora no seu coração sempre será “a maior doçura do mundo”.

 

Maru

.

Pancake

.

Cooper

.

Cooper e Pancake, além das outras fofuras que moram com eles, tem um blog cheio de fotos e mais vídeos. Vá se derreter!

 

 

 

Já vi… 27/07/2010

Mais do mesmo…

Farm – Coleção Ximbuktu 2010

.

Burberry Trench Coat for Colette – Spring/Summer 2010

.

Mesmo detalhe no ombro, quase a mesma cor… Propostas diferentes, claro, e o que é bonito a gente sempre quer. Afinal, não é todo mundo que compra Burberry. Mas dá vontade de não ser apenas mais um na multidão, né? Adoro a ‘brasilidade’ da Farm, as cores, estampas e rendas, o clima praia, sol e calor. Acho que é justamente isso que tira o casaquinho da categoria “imitação” e o coloca na “inspiração”. Ninguém vive sem referências.

 

 

Corretivo bom para noites ruins 26/07/2010

Eu já falei maravilhas sobre o corretivo mineral da Contém 1g, lembram? Então, é ótimo mesmo, para apagar aquelas olheiras normais que todo mundo têm. Mas sabe aquela noite terrível, provavelmente precedida de um dia pesado, e que deixa marcado no seu rosto o quanto foi ruim? Pois é… Tem gente que fica com a cara amassada, mas não tem um ser humano que não fique com os olhos inchados e com olheiras.

Pro inchaço ainda não descobri nenhum milagre, a não ser o tempo que passa e em aproximadamente duas horas já murchou bastante. Pra manhãs de noites como essa, descobri que o corretivo mineral não dava conta. Especialmente porque a maioria das maquiagens minerais dá uma escurecida em contato com a pele (nem todos os produtos e nem todas as peles) e acontece isso com o meu corretivo da Contém 1g. Enfim, descobri outro que deu um resultado muito bom: o corretivo do Duda Molinos.

 

 

A nova linha de maquiagem do Duda Molinos foi bastante aguardada e elogiada. Até por quem a gente adora e sabe que entende de make, como a Vic do Dia de Beauté.

No potinho, a quantidade parece pequena, mas como você usa pouquíssimo para aplicar, acredito que vai durar bastante. A cor que eu comprei para mim é a 3ª aí em cima, o Bege 2. Fica perfeita na minha pele. Como já aprendi com a Vanessa Rozan, espalhar corretivo com o dedo não dá, porque acaba ficando mais no dedo do que onde deveria. Então, tentei com um pincel próprio pra corretivo, da Prada. Não deu: a textura do corretivo é bem sólida e ele é bem durinho e com o pincel não deu pra espalhar direito. Tive que apelar para a famosa esponjinha recortada, aquela que tem ponta e parece uma pizza e pronto! Ficou perfeito!

O bom do produto ser mais sólido e ter que ser aplicado com a esponja é que você controla muito mais o tanto que você quer aplicar e onde. O ruim é que você pode exagerar e acabar ficando com cara da panda. Não se preocupe: uma boa cobertura é dada pela precisão e não pela quantidade. Se o produto é legal, vai cobrir sem precisar empastar e esse corretivo faz o serviço.

Outro ponto a ser considerado é que o corretivo leva óleo na sua composição. Isso pode não ser bom para algumas peles, com tendências a ‘entupimentos’. Mas como a região dos olhos é mais sequinha, eu não achei ruim. Também não é um produto hipoalergênico e contém alguns parabenos e talco na sua composição por isso não pode ser usado por algumas pessoas.

Enfim, prós e contras todo mundo têm. Eu adorei a cobertura e não tive alergia nenhuma, mesmo com olhos extremamente sensíveis e pele oleosa. Recomendado pra ter um dia de cara boa depois de uma noite ruim, sem ficar com a cara pesada. ;)

 

 

Já pegou: Militar 22/07/2010

Às vezes a gente vê muito uma coisa e acha que na vida real não vai pegar. Achei isso da tal tendência militar, que foi chegando pelas passarelas e acabou acontecendo mesmo nas ruas. Acho que pela praticidade dos coturnos e das calças tipo cargo, pela beleza dos ombros imponentes e das correntes, tachas e patches, acaba dando vontade de usar na batalha do dia a dia. As cores mais esperadas são o cáqui, o cinza, o verde exército, o preto e o marrom, mas vermelho e azul também ficam bem charmosos, como mostra a Burda França:

.

Quando não dá pra comprar a peça que está mais em alta na estação, dá pra inventar a nossa! O legal da tendência militar é que é certeza que você tem alguma coisa no armário que pode receber um detalhe e fica com cara nova. Olha quantas ideias boas:

.

APLIQUES E TACHAS

 .

Nesse casaco de lã, o detalhe das tachas na barra e nos punhos dá o toque diferente. Dá pra customizar fácil. Assim como os patches, que podem ser feitos de feltro, bordados com paetês, chatons e correntes. Fácil demais! Foto do site Outnet.

.

ABOTOAMENTO

.

Também do Outnet vem essa blusa de lã com seda. A delicadeza dos detalhes em tecido e os botões forrados provam que não precisa ser pesadão pra entrar na tendência militar. O detalhe do abotoamento dos uniformes aparece disfarçado de madame. Lindo.

.

Todas as imagens a seguir são do Luisa Via Roma

.

APLIQUES

.

Mais uma vez, os patches (apliques, podem ser encontrados em armarinhos) transformam qualquer look em militar instantaneamente. Repare que a blusa também tem dois bolsos, que reforça a ideia de uniforme, e a cor caqui também.

E dá-lhe aplique:

.

OMBROS PODEROSOS

.

Ombros poderosos também são indispensáveis quando pensamos em uniformes. Bordados, com ombreiras, com correntes, o importante é destacar.

A Manequim mostrou a jaqueta com correntes…

.

… E a Burda ensina a fazer ombreiras poderosas, além de outras ideias:

 

Clica na figura pra aumentar

.

METAL

.

 

Alfinetes e correntes também são maneiras fáceis e rápidas de customizar uma peça. Se ela vai ficar rock’n’roll ou militar vai depender das cores e das coordenações que forem feitas.

.

DESFIADO/RASGADO

.

Se você realmente gostar e quer ir com com tudo, rasgue a blusa ou a calça, no melhor estilo “sobrevivi”. Pra fazer rasguinhos mais discretos, ou camisetas furadinhas, use uma gilete (cuidado com os dedinhos!!) ou um desmanchador próprio de costura, que é muito mais seguro.

.

TACHAS LADYLIKE

.

E o melhor ficou pro final: Lanvin provou que dá pra ser militar e lady ao mesmo tempo. As tachas são bem grandes, mas o comprimento das mangas e do casaquinho, aliados ao ajuste na cintura, deixaram a peça bem delicada. Este está nos meus projetos! ;)

.

E o que você acha da tendência militar? Você usa ou usaria?

 

 
Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 189 outros seguidores